Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Inspetor das finanças suspeito de corrupção foi suspenso

O inspetor das Finanças de Bragança detido por suspeita da corrupção foi suspenso da atividade e proibido de falar com testemunhas e contabilistas.

-PUB-

O inspetor foi presente a Tribunal no final do dia de quinta-feira e a suspensão da atividade e proibição de contactos são as medidas de coação aplicadas judicialmente, enquanto aguarda o desenvolvimento do processo de investigação.

O inspetor das Finanças, com 46 anos, foi detido na quarta-feira pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de corrupção. Alegadamente, o detido terá deixou de cobrar quantias avultadas de impostos para o Estado em benefício próprio e dos contribuintes. 

O homem está a ser investigado por “eventuais práticas corruptivas no âmbito da atividade inspetiva da Autoridade Tributária e relativa à cobrança de impostos junto de vários sujeitos passivos”, de acordo com informação divulgada em comunicado pela PJ.

A detenção ocorreu numa operação conduzida pela PJ de Vila Real, em colaboração com a Autoridade Tributária, que implicou também “a realização de duas buscas domiciliárias e não domiciliárias na cidade de Bragança e a recolha de vários elementos probatórios”.

O inspetor tributário é suspeito da autoria do crime de corrupção passiva para ato ilícito.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.