Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Jesualdo Ferreira, mirandelense de outros tempos

Jesualdo Ferreira nasceu em Mirandela, bem no centro da vila que muitos anos depois se tornou cidade, na Rua do Arco, entre a ponte velha e o Palácio dos Távoras. O pai era mesmo da cidade, e a mãe era de Carvalhais, uma aldeia que começa onde Mirandela termina. Jesualdo Ferreira acabou por sair de […]

PUB

Jesualdo Ferreira nasceu em Mirandela, bem no centro da vila que muitos anos depois se tornou cidade, na Rua do Arco, entre a ponte velha e o Palácio dos Távoras. O pai era mesmo da cidade, e a mãe era de Carvalhais, uma aldeia que começa onde Mirandela termina.

Jesualdo Ferreira acabou por sair de Mirandela, aos dois anos, com a família, que partiu para Angola. Daí só regressou com 14 anos, já depois de se ter separado dos pais, que ficaram em Cubal e enviaram o filho para Nova Lisboa para estudar no Colégio Alexandre Herculano, que oferecia melhores condições de ensino.

Ficou com uns tios, que não tinham filhos e que viviam desafogadamente. Gente de dinheiro, que entretanto chegara à reforma. Por isso regressaram à metrópole, para assentar em Valpaços, donde eram naturais.

Jesualdo Ferreira regressou com eles. Veio na idade de ir para o Liceu e por isso foi sozinho morar para Chaves. Vivia num quarto alugado, na Rua do Sol.

Um fim-de-semana por outro regressava a Carvalhais, onde estava grande parte da família pelo lado da mãe e para onde vieram os pais quando deixaram Angola.

Nas férias era presença assídua na aldeia. Vinha de autocarro ou, a maior parte das vezes, de boleia com um senhor de uma aldeia ao lado, que era viajante. Foi lá que cresceu até terminar o Liceu. Então partiu para Lisboa, para tirar o curso no ISEF. E fez da capital o seu lar.

 

PINTO DA COSTA EM MIRANDELA

 

Tal como “A Voz do Nordeste” já tinha avançado em primeira mão, Jorge Nuno Pinto da Costa, o emblemático Presidente do Futebol Clube do Porto, estará em Mirandela para a inauguração da delegação n.º 99, a Casa do Futebol Clube do Porto em Mirandela.

No próximo dia 23 de Março, pelas 18:00 horas, dar-se-á inicio às festividades, no auditório Municipal de Mirandela, onde serão recebidos o Presidente do FCP e Jesualdo Ferreira, o treinador mirandelense que será homenageado pela edilidade que lhe vai atribuir a medalha de mérito e de honra da cidade.

A comitiva dirige-se depois para a delegação do FCP em Mirandela, junto à Reginorde, onde Vítor Baía, o guarda-redes talismã, descerrará a placa de inauguração, sendo ele o Padrinho da casa, já que por coincidência o número da sua camisola é o 99.

Pelas 20:00 horas decorrerá um mega-jantar no pavilhão da Reginorde, onde os portistas da cidade e da região vão confraternizar. Com esta inauguração oficial termina um primeiro período de grande actividade da Casa, muito bem dirigida pelo senhor Amaral e pela sua equipa.

 

 

Rui Tulik

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.