Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Lares do concelho testaram “negativo” aos testes Covid-19

A câmara de Vila Real avançou com a realização de 279 testes em todos os lares do concelho, que, até ao momento, não registaram qualquer infetado com o novo coronavírus.

-PUB-

Na Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real foram testadas 14 pessoas, não se registando qualquer caso positivo, tal como aconteceu no Lar de Santo António, com 40 testes a serem feitos a utentes e funcionárias, com os resultados a mostrarem que ninguém está com a Covid-19. 

No Lar da Imaculada Conceição, os 57 testes realizados, todos deram resultado negativo, tal como aconteceu em Lar do Centro Social e Paroquial de Mateus, onde foram testadas 28 pessoas.

No Lar Associação Paz e Amizade foram 40 testes disponibilizados, também com bons resultados, uma vez que não há ninguém infetado. 

Na Campeã, no Centro Social e Paroquial foram testadas 38 pessoas, em que todos testaram negativo para a Covid-19. 

Em São Tomé do Castelo, 35 pessoas realizam os testes, tendo os resultado sido também negativos.

Até ao fecho desta edição faltava divulgar os dados recolhidos no Lar Residencial Dom Rodrigo, que demoraram um pouco mais devido à mudança de laboratório, mas tudo indicava que seriam também todos negativos.     

A autarquia decidiu avançar com a realização de testes à Covid-19 aos utentes das estruturas residenciais para idosos no concelho, através de um protocolo com a Segurança Social.

Os 279 testes foram realizados por um laboratório privado, “credenciado para o efeito”, que teve o acompanhamento do Agrupamento de Centros de Saúde do Douro 1 Marão Douro Norte, que assegura a validade dos resultados.

Entretanto, o Lar Nossa Sr.ª das Dores já recebeu quase todos os utentes que tiveram de ser colocados em outras instituições e os utentes que foram para o Hospital Militar em Vila Nova de gaia já estão recuperados e deverão regressar ainda esta semana. 

Até à hora de fecho desta edição, o concelho de Vila Real tinha 144 infetados com Covid-19, segundo os dados avançados pela Direção Geral de Saúde.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.