Sexta-feira, 30 de Setembro de 2022

Assinado manifesto para proteger raça maronesa

Em defesa do sistema de produção extensivo foi, hoje, lançado o Manifesto “Mais pecuária extensiva, mais biodiversidade para a Europa”, produzido e assinado por 10 projetos LIFE europeus de Portugal, Espanha, França, Itália e Grécia ligados à adaptação às alterações climáticas e à proteção da biodiversidade.

-PUB-

O LIFE Maronesa é um projeto de Governança, Informação e Ação Climática, que visa a implementação de estratégias de adaptação às alterações climáticas através de um modelo sustentável de produção pecuária em modo extensivo.

Esta iniciativa, que parte da celebração dos 30 anos do programa LIFE da União Europeia, tem como mote “mais pecuária extensiva e mais biodiversidade para a Europa”. A prevenção de incêndios, o combate às alterações climáticas, o reforço da soberania alimentar, a preservação da biodiversidade e a sustentação da população nas zonas rurais são algumas das contribuições essenciais desta atividade agrícola.

O Manifesto desenvolve as cinco principais razões para promover a pecuária extensiva na Europa e propõe dez medidas de apoio a este sistema de produção para que continue a proporcionar benefícios à biodiversidade, à resiliência dos territórios e às comunidades locais que dele dependem.

Em comunicado, o LIFE Maronesa, diz que o tipo de apoio fornecido pela União Europeia, como o projeto LIFE1, que tem o objetivo de “promover o conhecimento científico e sua transferência para melhorar a gestão agrícola, aumentar o valor dos produtos da pecuária extensiva e promover inovação no sector”, não tem sido suficiente. “A pecuária extensiva continua a diminuir na Europa, devido ao desaparecimento de pequenas e médias explorações agrícolas”, alerta.

O texto identifica igualmente um conjunto ordenado de ações prioritárias destinadas a influenciar as políticas de valorização da pecuária extensiva e a promover a sua incorporação nos instrumentos de planeamento e gestão territorial, incluindo nas áreas naturais protegidas e Rede Natura 2000, e nas medidas de prevenção de incêndios.

Para aceder ao manifesto basta fazer download aqui.

 

 

 

 

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.