Terça-feira, 15 de Junho de 2021

Local para construção do lar residencial está a causar controvérsia

Um grupo de moradores do Loteamento da Veiga, em Montalegre, onde está prevista a construção do novo CAO (Centro de Atividades Ocupacionais) e de um Lar Residencial, está contra o local escolhido para o projeto 

-PUB-

À autarquia chegaram 38 reivindicações de moradores que não querem o novo CAO (Centro de Atividades Ocupacionais) e o Lar Residencial que a Cooperativa de Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão de Montalegre, CRL (CERCIMONT) tem previsto construir no Loteamento da Veiga, num terreno cedido pela câmara. 

“O lote está integrado num loteamento para equipamentos urbanos e é propriedade da câmara, realmente os moradores têm os seus interesses e que são legítimos, que temos de respeitar”, referiu Fernando Rodrigues, presidente da CERCIMONT, no dia em que o projeto foi apresentado publicamente, alertando para o impacto social e económico do projeto no concelho. 

“Esta é a oportunidade que temos de apresentar uma candidatura ao Programa PARES (Programa de Alargamento

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.