Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021
©DR

Madeira SAD bate Alpendorada e conquista Taça

O Madeira SAD conquistou a Taça de Portugal de seniores femininos em andebol ao vencer por 26-24 o Alpendorada, numa final em que esteve sempre em vantagem e fechou a época com a conquista da ‘dobradinha’.

-PUB-

O emblema madeirense, que já tinha conquistado o campeonato nacional esta temporada, arrecadou a 19.º Taça de Portugal do seu historial ao vencer a final da ‘final four’ disputada no Pavilhão dos Desportos de Vila Real no fim de semana.

Mais forte nos primeiros dez minutos e nos últimos dez minutos da primeira parte, a equipa insular, que na meia-final tinha afastado o Alavarium, foi construindo um resultado confortável.

Apostando nos ataques pelas ‘pontas’, onde se destacaram Neide Duarte e Luana Jesus com três golos cada até aos 12 minutos, o Madeira SAD foi construindo uma boa vantagem, com as defesas de Nádia Nunes a ajudarem a cavar o fosso.

O Alpendorada, quarta classificada do campeonato e que chegou à final após bater o Porto Salvo, tentava condicionar a organização da equipa contrária pressionando bem fora da linha dos nove metros, mas teve de pedir desconto de tempo para reorganizar a sua equipa e evitar que a final fosse de apenas um sentido.

A recuperação das nortenhas teve por base o bom acerto de Mariana Costa, que terminou a primeira parte com quatro golos. O marcador chegou a estar em 9-10.

No entanto, na reta final da primeira parte as madeirenses voltaram à carga, agora com Mariana Azevedo em bom plano, com quatro golos em remates desde os sete metros, mantendo a distância em três golos.

Com o equilíbrio a pautar os primeiros dez minutos da segunda parte, as madeirenses ‘cresceram’ nos cinco minutos seguintes, chegando aos cinco golos de vantagem, graças ao acerto de Cristiane, com dois golos nesta fase.

A formação do distrito do Porto não desistiu da final, e com Sara Barbosa em destaque (acabaria com sete golos), chegou mesmo ao 23-24 e 24-25, que na reta final deixou o encontro em aberto.

A experiência do Madeira SAD permitiu aguentar esta pressão, com Neide Duarte (que terminou o jogo com dez golos) a selar a conquista da Taça.

Jogo no Pavilhão de Desportos de Vila Real.

Alpendorada – Madeira SAD: 24-26.

Ao intervalo: 13-16.

Sob a arbitragem de Rita Machado e Soraia Lusquinos, as equipas alinharam e marcaram:

– Alpendorada (24): Rita Guimarães, Mariana Costa (6), Ângela Pessoa (6), Margarida Morais (2), Sara Barbosa (7), Leonor Gonçalves (3) e Ana Rita Silva. Jogaram ainda: Beatriz Couto, Ana Sofia Dias, Cristiana Alves, Josefina Rodrigues, Inês Pinheiro, Patrícia Silva, Cristiana Vieira, Ana Rita Neves e Márcia Santos.

Treinador: Alexandre Monteiro.

– Madeira SAD (26): Nádia Nunes, Cristiane Silva (3), Neide Duarte (10), Odete Tavares (1), Luana Jesus (5), Petra Dicak e Greyce Kelly (2). Jogaram ainda: Maria Nunes, Matilde Henriques, Marta Ferreira, Mariana Azevedo (5), Júlia Figueira, Sara Camacho, Maria Duarte, Anastasia Lintichi e Patrícia Morais.

Treinador: António Florido.

Marcha do marcador: 1-2 (05 minutos), 2-5 (10), 5-7 (15), 9-10 (20), 10-14 (25), 13-16 (Intervalo), 15-19 (35), 17-19 (40), 18-23 (45), 19-23 (50), 23-25 (55) e 24-26 (resultado final).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.