Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2023
No menu items!

Mais de 6 mil euros angariados para ajudar o Alexandre na batalha contra o cancro

Alexandre fez esta semana cinco anos. Em agosto de 2021, no hospital de Vila Real foi-lhe diagnosticado um cancro. No entanto, depois de ter sido encaminhado para o IPO do Porto, detetaram-lhe três tumores, dois no cérebro e um na coluna.   

-PUB-

Rosa Ribeiro, mãe do Alexandre, revelou à VTM que tem sido um ano “muito difícil com muitos desafios”. “Estamos longe de casa, tem sido uma batalha dura”, disse emocionada, agradecendo o gesto das mais de 400 pessoas que se associaram à caminhada solidária que aconteceu esta manhã na vila de Murça.

No total, na caminhada solidária, foram angariados 6.123,88 euros, que vão ajudar nos tratamentos do pequeno guerreiro.

Há mais de um ano que Alexandre vive na ala pediátrica do IPO do Porto, e todos os dias têm sido uma batalha, que o Alexandre quer vencer.

Ao ver a história do Alexandre, um grupo de amigos uniu-se em torno desta causa e não têm parado para ajudar o menino, que vive com muitas dificuldades económicas.

Isabel Barata, uma das quatro pessoas que esteve por trás da organização da caminhada solidária, não ficou indiferente à história do pequeno Alexandre, que quer continuar a sorrir. “A ideia surgiu quando vi a sua fotografia nas redes sociais. Não poderia ficar indiferente a esta causa e juntei-me a mais três pessoas (a Carla, o Paulo, a Fátima). Todos juntos tentamos angariar dinheiro para o seu bem-estar”, revela, adiantando que agora o Alexandre já tem uma casa para viver, mas agora vão partir para uma segunda fase, que será equipar a casa. “Queremos mobilar-lhe a casa, com eletrodomésticos para ter uma melhor qualidade de vida”.

Para ajudar o Alexandre, pode fazê-lo através da transferência bancária para uma conta do Alexandre – O Grande, aberta no Millennium BCP

IBAN – PT50-0033-0000-45671917277-05  

 

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.