Sábado, 2 de Julho de 2022

Mesão Frio e Baião unem interesses estratégicos

Os Municípios de Mesão Frio e Baião assinaram um protocolo de cooperação estratégica intermunicipal. Este protocolo surge no âmbito de reuniões mantidas no último ano, entre os respectivos Presidentes, tendo como objectivo comum o desenvolvimento de políticas intermunicipais que ajudem ao desenvolvimento dos dois concelhos, abrangendo os domínios técnico e financeiro, de modo a que […]

Os Municípios de Mesão Frio e Baião assinaram um protocolo de cooperação estratégica intermunicipal. Este protocolo surge no âmbito de reuniões mantidas no último ano, entre os respectivos Presidentes, tendo como objectivo comum o desenvolvimento de políticas intermunicipais que ajudem ao desenvolvimento dos dois concelhos, abrangendo os domínios técnico e financeiro, de modo a que as relações de intercâmbio daí resultantes permitam uma conjugação de acções que originem benefícios para ambas as partes.

Esta união de Mesão Frio e Baião terá como princípios de cooperação a “criação e aperfeiçoamento de estruturas técnicas especialmente vocacionadas para o desenvolvimento estratégico intermunicipal e melhoria dos respectivos métodos de trabalho e funcionamento”

Com o desenvolvimento deste protocolo, serão desenvolvidos estudos e reflexões sobre o modelo de desenvolvimento estratégico dos municípios e incidirá na troca de informação e de experiências acerca de questões relativas à problemática da interioridade. Neste ponto, esta união procurará encontrar soluções respeitantes à descentralização e desconcentração administrativa, tendo em consideração que o papel das autarquias na gerência de equipamentos e infra-estruturas, e na prestação de serviços aos cidadãos e às empresas, aumenta a cada dia que passa, revelando-se decisivas para a qualidade de vida e para a competitividade da economia local.

Neste sentido, Mesão Frio e Baião partilharão recursos humanos, equipamentos e infra-estruturas tecnológicas, para a realização de projectos conjuntos, no âmbito do desenvolvimento económico, cultural e social e de formação de recursos humanos. Será objecto deste protocolo, também, a “promoção interna e externa da oferta turística e cultural, produtos regionais e agrícolas e a dinamização do turismo, procurando potenciar os diferentes valores de cada Município”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.