Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
©DR

Montalegre implementa novas medidas devido a aumento de casos

A Câmara de Montalegre anunciou hoje a suspensão das feiras, o encerramento do ginásio e pavilhão desportivo e o adiamento da prova do Campeonato Nacional de Ralicross devido ao aumento de casos de infeção pelo novo coronavírus.

-PUB-

Num comunicado assinado pelo presidente da autarquia, Orlando Alves, o município do distrito de Vila Real anunciou a implementação de novas medidas “face ao crescente número de casos covid-19 registado nos últimos dias, e no sentido de acautelar a saúde pública e a contenção da propagação do vírus”.

Contactado pela agência Lusa, o vice-presidente da Câmara e responsável pela Proteção Civil, David Teixeira, referiu não dispor de dados oficiais da Saúde Pública, mas apontou para “três possíveis linhas de contágio” e referiu ter a indicação de que o “grande núcleo de casos (16) é à volta da escola”.

A Saúde Pública, acrescentou, está ainda a proceder à realização de testes.

“Mesmo que só fosse este número já era preocupante. Este é sobretudo um sinal para que a pessoas do concelho percebam que isto (pandemia) ainda não passou e precisamos do empenho de todos para reduzir a probabilidade de contágio”, afirmou David Teixeira.

O responsável explicou ainda que as medidas são implementadas a partir das 00:00 de quinta-feira, por esse ser o dia da realização da feira quinzenal de Montalegre.

As medidas incidem, especificou, na suspensão das feiras de Montalegre e de Salto (semanal), no encerramento ginásio municipal e pavilhão desportivo, com exceção para as competições oficiais que estão em vigor e cujos atletas são testados, e no adiamento da prova do Campeonato Nacional de Ralicross, agendada para o fim de semana.

Este adiamento é concretizado também por indicação da Direção-Geral da Saúde (DGS).

“Estas medidas são temporárias. Voltaremos à normalidade se o número de casos descer. O comportamento individual é decisivo. Por isso, deixo um forte apelo para que todos adotem as medidas responsáveis e apropriadas de higiene pessoal e de conduta social indicadas pela DGS, para segurança de todos e como forma de evitar o contágio”, afirmou o presidente Orlando Alves, no comunicado.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.319.512 mortos no mundo, resultantes de mais de 159,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.998 pessoas dos 840.493 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.