Terça-feira, 29 de Novembro de 2022

Município reintroduz transporte flexível gratuito

Depois de ter deixado de haver carreira pública, no período de almoço, entre Peso da Régua e as freguesias (e vice-versa), devido à pausa letiva da Páscoa, a Câmara Municipal do Peso da Régua- no período compreendido entre 11 e 18 de abril de 2022- disponibiliza transporte flexível, através de táxi gratuito. Este serviço funcionará apenas nos dias úteis.

-PUB-

O transporte flexível gratuito para os munícipes residentes nas freguesias anteriormente servidas por carreira pública, na hora de almoço, irá funcionar de acordo com algumas normas: é obrigatória a reserva junto da Câmara Municipal (entre as 9h00 e as 12h00, do dia anterior); no dia em que os habitantes queiram regressar a casa, a saída é às 12h00, na praça de táxis do Largo da Estação (para os residentes nas freguesias de Galafura, Poiares e Canelas) ou na praça de táxis do Mercado Municipal (residentes nas freguesias de Fontelas, Loureiro, Moura Morta, Vinhós e Sedielos); para quem pretender deslocar-se a Peso da Régua, a saída será pelas 13h30 das freguesias, com destino ao largo da Estação (residentes em Galafura, Poiares e Canelas) e com destino ao Mercado Municipal (residentes em Fontelas, Loureiro, Moura Morta, Vinhós e Sedielos). Ao longo dos percursos, o local de tomada e largada de passageiros serão as paragens de autocarros.

Deste modo, a CM do Peso da Régua dará resposta às necessidades das pessoas que dependem da carreira pública para se deslocarem. Esta medida incentivará, também, a retoma da atividade dos táxis, que tem sido penalizada pelas medidas restritivas impostas pela Direção-Geral de Saúde, para controlo da pandemia Covid-19.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.