Quinta-feira, 25 de Abril de 2024
No menu items!

Municípios aderem à Hora do Planeta

Boticas e Chaves são duas das câmaras que se associam à iniciativa global e durante uma hora desligam as luzes de monumentos e edifícios públicos

-PUB-

“Pequenas ações com grande impacto” é o mote da “Hora do Planeta” 2024.

À semelhança dos anos anteriores, o Município de Boticas adere este sábado à iniciativa mundial “Hora do Planeta”.

Assim sendo, a autarquia de Boticas anunciou que vai desligar as luzes dos edifícios e monumentos públicos do concelho, entre as 20h30 e as 21h30.

Cenário idêntico no Município de Chaves, que também aderiu à iniciativa. A autarquia frisa que esta “Maior Hora pelo planeta se torna um momento precioso de união, de consciência e reflexão, mas, sobretudo, de ação, lembrando ao mundo que a sobrevivência depende da boa saúde desta casa comum, e que todos podemos – e devemos – desempenhar um papel na sua proteção”.

Assim apela a que os cidadãos se juntem a este movimento e que hoje, entre as 20h30 e as 21h30, se “desliguem” pelo planeta.

Há mais de 15 anos que a “Hora do Planeta”, iniciativa levada a cabo pela organização global de conservação da natureza, WWF – World Wildlife Foundation, representa um movimento global de milhões de pessoas em todo o mundo que se unem, através de um gesto simbólico, para manifestar o seu compromisso com o planeta.

Os municípios portugueses têm vindo a fazer história enquanto parceiros deste movimento global, seja com a realização de ações locais, seja através do apagão temporário de alguns dos seus principais monumentos.

Mais informações no website oficial “Hora do Planeta” em Portugal – www.horadoplaneta.pt.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.