Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Municípios do Douro disponíveis para acolher 400 refugiados

Nos 19 municípios da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Douro há alojamento disponível para acolher cerca de 400 refugiados da Ucrânia, oito autocarros para o transporte e três médicos que falam ucraniano para apoio na chegada ao território

O presidente da CIM Douro e da Câmara de Sernancelhe, Carlos Silva Santiago, disse hoje que, neste território, foram identificados espaços para alojar cerca de 400 ucranianos “com todas as condições de habitabilidade e de integração”.

O levantamento foi feito pelos 19 municípios no âmbito de uma campanha de apoio à Ucrânia lançada na semana passada pela comunidade intermunicipal, que inclui ainda a disponibilização de oito autocarros para o transporte destas pessoas.

No território, segundo Carlos Silva Santiago, há ainda três médicos que falam ucraniano e que estão disponíveis para apoiar e acompanhar esta comunidade durante o período que aqui permaneça. “A língua pode ser uma barreira e nós não queremos que seja”, referiu o autarca.

O presidente explicou que todo o processo está a ser coordenado com o Governo nacional, através das secretarias de Estado das Migrações e da Internacionalização. “Estamos à espera de orientações para podermos avançar”, acrescentou Carlos Silva Santiago.

No âmbito da campanha da CIM “Somos Ucrânia” foi também feita uma angariação de medicamentos, alimentação e roupa quente em cada concelho. Estes bens vão ser, agora, transportados para Lamego, onde o pavilhão multiúsos foi transformado num centro logístico.

Ali os produtos vão ser selecionados, organizados e encaminhados, de acordo com as orientações da Embaixada da Ucrânia, para as principais fronteiras onde se verificam grandes fluxos de refugiados.

“O povo português é por natureza solidário e depois quando mexem com os nossos valores, com a nossa liberdade mais solidários nós somos”, salientou o autarca, que classificou como “uma tragédia” o que se está a passar na Ucrânia invadida pela Rússia.

A CIM Douro é constituída pelos municípios de Alijó, Armamar, Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Lamego, Mesão Frio, Moimenta da Beira, Murça, Penedono, Peso da Régua, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço, Tarouca, Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.