Quarta-feira, 16 de Junho de 2021

Natal longe de casa

É no Natal que muitos emigrantes regressam a casa para matar saudades da família, mas este ano a pandemia veio alterar-lhes os planos.

-PUB-

A noite de consoada vai ser diferente, com as mesas a estarem mais vazias que o habitual, e as videochamadas a encurtarem as distâncias, aquecendo, na medida do possível, os corações. A VTM falou com dois emigrantes transmontanos que, a pensar na segurança dos seus entes queridos, decidiram passar esta quadra festiva nos seus países de acolhimento, uns por opção, outros porque não dava para ser de outra forma.

“Este ano fico por cá”

Vera Alves é emigrante há sete anos. Mudou-se para a Suíça logo depois de casar, em 2013, uma decisão “fácil porque o meu marido sempre viveu cá, por isso era a decisão mais lógica. Ambos sabíamos que a vida poderia ser melhor, a

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.