Domingo, 22 de Maio de 2022

Nova época termal abre sábado e traz novidades

No próximo sábado, 5 de fevereiro, as Termas de Chaves abrem portas para mais uma época termal, com uma loja online e o início da construção do Complexo de Piscinas Exteriores que fornecerão à cidade um novo atrativo, único em todo o país.

Para Fátima Pinto, administradora do Balneário Flaviense “as Termas são, desde sempre, um espaço seguro pois cumprem plano rigoroso de higienização e desinfeção e um conjunto de análises muito específicas para se manterem em pleno funcionamento, pelo que não tem de haver receio por parte dos aquistas que nos visitam”. Acrescenta também que “após o ano de 2019 em que recebemos quase 8.000 aquistas, o maior número de sempre, esperamos que este continue a ser um ano de crescimento, não só para as nossas Termas, mas para todo o setor.”

Além dos tradicionais tratamentos de termalismo terapêutico, as Termas de Chaves possuem também resposta para sintomas que assolam os doentes em fase de recuperação pós-Covid-19.

“Sabemos que as Termas de Chaves são também um ativo muito importante para a economia regional, em especial para o setor hoteleiro e de restauração, assim esperamos que a abertura já no início deste mês tenha um impacto positivo também nestes setores”, acrescenta a administradora.

Ainda durante o mês de fevereiro está previsto o início da construção do Complexo de Piscinas Exteriores das Termas de Chaves com um conjunto de piscinas naturalmente quentes, espaços de hidromassagem que proporcionarão a todos os visitantes uma experiência única no país. Este espaço contará com o investimento de 1,6 milhões de euros e será um atrativo fundamental tanto para a cidade como para toda a região.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.