Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022

Penáltis derrubam Pedras

PEDRAS SALGADAS, 0 | BRAGANÇA, 2

-PUB-

Uma derrota inesperada do Pedras Salgadas, sinónimo de que não estiveram ao nível que nos têm habituado.

Nuno Silvano inaugurou o marcador através de uma grande penalidade, após uma falta de Gonçalo. Esperava-se uma reação do Pedras, mas a equipa não conseguia encontrar fragilidades no adversário, que estava muito coeso defensivamente.

No início da etapa complementar, o técnico Gustavo Souza mexeu no xadrez para dar a volta ao jogo, mas faltavam ideias e velocidade, perante um Bragança mais sólido e fechado na sua defensiva. O segundo golo surgiu já na compensação, com uma nova grande penalidade, que Óscar Barros se encarregou de converter (96’).

O Bragança alcança a primeira vitória na prova, o Pedras volta a perder, num jogo em que se esperava muito mais da equipa de Gustavo Souza.


FICHA DE JOGO

Estádio da Portelinha, nas Pedras Salgadas
Árbitro: Hélder Gonçalves (AF Braga)

PEDRAS SALGADAS: Gonçalo; Sylla, Carreira, Tomás e Mesquita (Cláudio, 46’); Batista (Portal, 46’), Talysson e Nicolas (Messi, 70’); Hélder, Edgar (Biscaia, 60’) e Taka (Jorginho, 80’)
Treinador: Gustavo Sousa

BRAGANÇA: Fábio Mesquita; Óscar Barros, Pedro Miguel (Nelinho, 70’), Passas e Branco (Capelo, 86’); David Carvalho, Nuno Silvano e João Rocha; Bruno Silva, Marco Trigo (Estanga, 75’) e Gabi
Treinador: Rafael Nascimento

Ao intervalo: 0-1

Cartões amarelos: Gonçalo (10’9 e 95’), Pedro Miguel (20’), Passas (52’), Nuno Silvano (57’), David Carvalho (65’) e Biscais (86’)

Cartão vermelho: Gonçalo (95’)

Marcadores: Nuno Silvano (10’ g.p.) e Óscar Barros (96’ g.p.)

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.