Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Presidente da Câmara critica gestão do ICNF em áreas protegidas

H

Hernâni Dias, presidente da Câmara de Bragança, criticou o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), ao considerar que tem sido “um travão permanente”, em vez de ser um “impulsionador do progresso e da defesa dos interesses da região”.

 

-PUB-

O autarca falava na sessão de abertura do seminário “Gestão Florestal em Áreas Protegidas 4”, realizada no Brigantia Ecopark e organizada pela Associação de Produtores Agrícolas Tradicionais e Ambientais (APATA) e pela Federação Nacional das Entidades Gestora de Zonas de Intervenção Florestal.

Perante uma plateia onde estava presente a diretora do Norte do ICNF, Sandra Sarmento, Hernâni Dias referiu que “uma gestão florestal eficaz, seja em áreas protegidas ou outras, não pode excluir do processo e diminuir a importância daqueles que são, já por si, os seus principais protetores e gestores, os residentes e proprietários”, lamentando que este é um “erro que vem sendo cometido e reiterado há cerca de duas décadas”.

No caso concreto do concelho

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.