Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Produção pecuária com apoios de 56 mil euros

A Câmara de Montalegre entregou, no fecho do concurso pecuário de raça barrosã que decorreu em Salto, um cheque de 55.750 euros aos produtores de gado barrosão pelo nascimento dos vitelos desta raça autóctone (50€ cada).

O presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, referiu que este é um ato de “justiça para com os nossos produtores”. “Volto a frisar que é um ato de justiça para com quem se esforça a produzir uma raça que, é de crescimento lento, e que, comparativamente às demais raças, pode trazer prejuízos para estes esforçados produtores pecuários”.

Alberto Fernandes, presidente da Junta de Freguesia de Salto, sublinhou que este é “um incentivo muito importante, sobretudo para os produtores da nossa freguesia que apostam, com muita dedicação, na produção de gado de raça barrosã. É um apoio que os produtores valorizam muito”.

Nuno Sousa, presidente da Associação Nacional de Produtores de Gado de Raça Barrosã, sublinha que

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.