Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

“Ralicross Montalegre III”

A pista automóvel de Montalegre recebe, neste fim-de-semana (22 e 23 Setembro), mais uma prova a contar para o Nacional de Ralicross. Trata-se da terceira prova deste ano, o que atesta a mais valia do circuito barrosão. Entretanto, Portugal voltará a receber, em 2008, uma prova a contar para o “Europeu”. Todavia, o local da […]

A pista automóvel de Montalegre recebe, neste fim-de-semana (22 e 23 Setembro), mais uma prova a contar para o Nacional de Ralicross. Trata-se da terceira prova deste ano, o que atesta a mais valia do circuito barrosão. Entretanto, Portugal voltará a receber, em 2008, uma prova a contar para o “Europeu”. Todavia, o local da sua realização, para já, é uma incógnita. Entre as novidades, está o regresso da Alemanha e a realização da prova francesa em Kerlabo. Segundo Andy Lasure, Presidente da Comissão “Off-Road” da FIA, “a corrida alemã regressa sob avaliação e já expliquei ao organizador que se o evento não correr bem volta a sair”.Quanto ao tão falado regresso do Europeu à Finlândia, Lasure disse que “a proposta finlandesa ficou adiada, para 2009, mas vai realizar-se uma prova de candidatura, em Kouvola, ainda em 2008”. No entanto, o que mais surpreende é o facto de a prova portuguesa ainda não surgir com local definido, quando, segundo a regra da rotatividade, recentemente introduzida em Portugal, tudo indicava que, em 2008, se corresse em Lousada. No entanto, talvez devido às instabilidades que o CAL vem atravessando, nos últimos tempos, ainda não haja decisões definitivas.

 

CALENDÁRIO EUROPEU PROVISÓRIO

PARA 2008

4 de Maio – Portugal – (não designado) 11 de Maio

França – Kerlabo 1 de Junho

Hungria – Nyirád 8 de Junho

Áustria – Greinbach 6 de Julho

Suécia – Höljes 13 de Julho

Noruega – (Não designado) 10 de Agosto

Bélgica – Maasmechelen 17 de Agosto

Holanda – Valkenswaard 7 de Setembro

Polónia – Slomczyn 14 de Setembro

República Checa – Sosnová 5 de Outubro

Alemanha – Buxtehude

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.