Sábado, 19 de Junho de 2021

Reunião da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios reuniu para analisar e aprovar o Plano de Fogo Controlado, que visa a proteção de algumas áreas arborizadas, a criação de barreiras de forma a compartimentar o território aumentando a resiliência aos grandes incêndios e a renovação e melhoria das pastagens.

-PUB-

Foram também analisadas as alterações introduzidas no âmbito  da entrada em vigor do Decreto-Lei nº14/2019 de 21 de janeiro, relativo à realização de queimas e queimadas fora do período crítico de risco de incêndio florestal.

Desta forma, os munícipes que pretendam efetuar queimas devem contactar a Câmara Municipal, a fim de comunicarem a realização da mesma, sendo que o registo do pedido na plataforma do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), em https://fogos.icnf.pt/InfoQueimasQueimadas/, é feito pelos serviços da autarquia.

Na reunião foram ainda analisados outros assuntos de interesse municipal, nomeadamente as candidaturas ao ICNF para o apoio ao funcionamento das equipas de sapadores florestais e o ponto de situação relativamente à brigada de sapadores florestais da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT).

A sessão contou, entre outros, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, do 2º Comandante Distrital de Operações de Socorro de Vila Real, Manuel Machado, e de responsáveis das Juntas de Freguesia do concelho, classificadas como de 1ª e 2ª prioridade de intervenção.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.