Sábado, 21 de Maio de 2022

Saldos tardios correm melhor que o esperado

Janeiro é sinónimo de saldos em todo o país. Este ano, por força da pandemia, foram adiados e começaram uma semana mais tarde que o habitual. A VTM foi para a rua perceber como estão a correr as vendas no comércio tradicional.

Muitos são os que esperam pela época de saldos para comprar, por exemplo, vestuário ou calçado a preços mais baixos ou então para trocar algum presente de Natal. Contudo, este ano, a pandemia obrigou a mudar os planos, pelo menos nas lojas físicas, onde foi preciso esperar até dia 10 de janeiro para poder colocar os produtos em saldo.

Em Vila Real, percorrer a Rua Direita é dar de caras com muitas lojas fechadas, algumas por conta da pandemia, outras porque o negócio há muito que deixou de valer a pena e a solução foi fechar portas.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.