Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

Sete atropelamentos em dois meses

O crescente número de atropelamentos, na cidade de Vila Real, continua a preocupar as autoridades.

-PUB-

Só em 2019, em dois meses, ocorreram na cidade transmontana sete atropelamentos, mais do dobro do ano passado relativamente ao mesmo período. O número deste tipo de incidentes revela-se de tal forma grave que já representa cerca de metade do que se registou em 2018. Ao passo que no ano transato, ocorreram 15 atropelamentos, em 2019 já aconteceram sete. 

De acordo com os dados fornecidos pela PSP, em exclusivo à VTM, a maioria dos atropelamentos continua a acontecer nas passadeiras. Uns por desatenção, outros por excesso de velocidade pelos automobilistas, estes acidentes provocaram, em dois anos, mais de 20 feridos.

João Martins, comissário da PSP, confirmou que tem havido um aumento de atropelamentos sobretudo em vias urbanas. 
“Não encontramos uma causa. Mas, verificamos que em ambiente urbano, um local onde confluem muitas pessoas e viaturas, há excessos de velocidade, pelo que há bastantes atropelamentos”, referiu, dando nota que o Governo tem já

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.