Sábado, 16 de Outubro de 2021

Suse Carvalho conquista Tetra Campeonato Nacional

No fim-de-semana, realizou-se, no Pavilhão do Alto do Moinho, em Corroios, no concelho de Almada, a prova rainha do taekwondo português, o Campeonato Nacional de Combates no escalão Sénior.

-PUB-

Esta competição contou com participação de mais de duas centenas de competidores das 13 associações distritais espalhadas pelo país.

Em femininos, na categoria de menos de 62 kgs, estavam na poule 11 atletas, uma das quais era a atleta do Clube Taekwondo Vila Pouca de Aguiar, Suse Carvalho.

Foi esta a cavalgada para o tetra campeonato. Na final, defrontou a atleta da casa (Corroios) da Associação Distrital de Setúbal. A Suse venceu por 3-0 num combate sempre dominado pela atleta transmontana, que soube gerir a vantagem desde o início do combate. Foi um combate muito emotivo pois as emoções e a ansiedade estavam ao rubro.

Esta foi a quarta vez que a atleta Suse Carvalho se sagrou Campeã Nacional, tudo começou em Santarém, depois Vila Nova de Gaia, Lisboa e agora Almada. A isto juntam–se mais dois títulos de Campeã Nacional Universitária e quando não foi a campeã classificou-se em 2º lugar. Domínio praticamente total da nossa atleta nesta categoria de peso.

Esperemos que seja desta vez que o Seleccionador Nacional a convoque para uma grande competição, como um Campeonato Europeu ou Mundial. Para já, temos China à vista para as Universíadas.

Para o nosso pequeno e humilde clube este foi o segundo grande objectivo conquistado neste início de época. Ainda faltam conquistar mais 3 objectivos, todos eles muito difíceis mas possíveis de alcançar. A Suse já cumpriu a sua tarefa, agora faltam os outros. Torna-se digno realçar que estes resultados só foram possíveis devido a todos o atletas que são amigos e companheiros que dão tudo de si para que outros consigam vencer. Sem esquecer os treinadores.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.