Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021

Transportes públicos gratuitos para população de Montalegre

A rede de transportes públicos do concelho de Montalegre mantém-se ativa durante a pandemia de covid-19 e o serviço é gratuito enquanto vigorar o estado de emergência, disse hoje à Lusa o presidente da câmara, Orlando Alves.

-PUB-

“O serviço de transporte público continua a funcionar, pois este é um território vasto e desta forma as pessoas sentem-se ligadas ao coração do concelho”, explicou o autarca de Montalegre, no distrito de Vila Real.

Durante a pandemia de covid-19, este serviço está a decorrer de forma gratuita para os passageiros, respeitando as normas de segurança, e vai vigorar durante o estado de emergência, acrescentou.

O concelho de Montalegre tem uma área de 805 quilómetros quadrados dividido por 25 freguesias.

Orlando Alves lembrou que muita gente precisa de se deslocar à sede de concelho para consultas no centro de saúde e tratar de assuntos pessoais no município ou no tribunal.

A rede de transportes públicos que liga o território barrosão tem características únicas no Alto Tâmega, pois não depende dos circuitos dos transportes escolares, disse ainda.

“As carreiras funcionam todos os dias, independentemente de haver aulas ou não”, sublinhou.

A Câmara de Montalegre decidiu em 16 de março a isenção do pagamento das faturas de água, relativas ao período entre 17 de março e 17 de junho como forma de apoiar as famílias e as empresas do concelho devido à pandemia de covid-19.

O município decidiu ainda prorrogar o prazo de pagamento da fatura da água do mês de fevereiro para 90 dias.

Segundo o boletim epidemiológico de hoje da Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega e Barroso, há um caso confirmado de infeção por covid-19 em Montalegre, no total de 30 na Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, que junta ainda os concelhos de Chaves, Valpaços, Boticas, Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.