Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021

ULS Nordeste remonta de forma gradual atividades clínicas programadas

A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste está a proceder, de forma gradual, à retoma da atividade clínica programada como consultas, cirurgias ou exames de diagnóstico, havendo situações que podem ser efetuadas por teleconsulta.

-PUB-

"No que se refere aos cuidados hospitalares, e em particular à realização de consultas, o reinício, em maio, da atividade assistencial nas três unidades hospitalares da ULS Nordeste teve em conta a reformulação dos espaços físicos das salas de espera, a marcação por hora e o aconselhamento prévio aos doentes para não se fazerem acompanhar por outras pessoas a não ser em casos excecionais, procurando desta forma assegurar o correto distanciamento social", indicou a ULS Nordeste em comunicado.

Segundo uma nota emitida pela ULS, o alargamento dos horários dos profissionais e a aplicação de um breve inquérito a todos os doentes antes do início da consulta, a par da medição da temperatura corporal dos mesmos, são igualmente medidas adotadas com vista à segurança de todos.

"Relativamente à realização de cirurgias, já teve início a atividade cirúrgica programada na especialidade de Ortopedia, efetuada na Unidade Hospitalar de Macedo de Cavaleiros. E prevê-se que a cirurgia de ambulatório seja igualmente retomada, na Unidade Hospitalar de Mirandela, já na segunda semana de maio. Assim como na Unidade Hospitalar de Bragança se mantém a atividade cirúrgica urgente e prioritária, seguindo-se a retoma das cirurgias programadas consideradas do ponto de vista clínico como mais prioritárias", concretiza aquela estrutura de saúde.

No que respeita aos meios complementares de diagnóstico e terapêutica, a ULS Nordeste adianta que a atividade programada, nomeadamente nas valências de Imagiologia e de Patologia Clínica, será também retomada ainda durante este mês de maio, nas três unidades hospitalares sob a sua tutela (Bragança, Mirandela e Macedo de Cavaleiros).

Por sua vez, no âmbito dos Cuidados de Saúde Primários, também a retoma da atividade assistencial será feita na ULS Nordeste de forma faseada, cumprindo as regras de higiene e segurança estipuladas, nomeadamente ao nível da higienização de espaços e equipamentos, bem como das mãos, da etiqueta respiratória e do distanciamento social.

"Privilegiando o contacto telefónico e digital com os utentes, os Centros de Saúde disponibilizam acompanhamento em áreas fundamentais como situações de doença aguda, planeamento familiar, saúde materna, saúde infantil e juvenil, cuidados de enfermagem, e ainda cuidados domiciliários em situação de doença aguda e de assistência clínica que careça de continuidade, foi indicado pela ULS Nordeste.

Por outro lado, aquele organismo tutelado por Carlos Vaz refere que é uma prioridade para o Departamento de Cuidados de Saúde Primários a vigilância de doentes crónicos.

O plano de retoma da atividade assistencial na ULS Nordeste deixa a garantia do melhor acesso aos serviços de saúde, mas também que este seja feito com a necessária segurança dos utentes e dos profissionais, de acordo com as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Foram desta forma estipuladas boas práticas a observar no que respeita não só à assistência clínica mas também ao uso de equipamentos de proteção individual, aos circuitos de doentes e à realização de testes de diagnóstico.

Já os utentes que se desloquem às unidades de saúde da ULS Nordeste devem ter em conta medidas de segurança e higiene estipuladas pelas autoridades no combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.