Sábado, 3 de Dezembro de 2022
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Vilar de Perdizes soma e segue na liderança

O líder da Divisão de Honra da AFVR, Vilar de Perdizes, deslocou-se esta tarde ao reduto do Atei, onde venceu e convenceu.

PUB

A equipa comandada por Vítor Gamito goleou o Atei por quatro bolas a zero, mostrando que segue firme na liderança rumo à subida ao nacional.

Ao intervalo, os vilarenses venciam por uma bola a zero, com o golo de Medina aos 27 minutos, golo que trouxe tranquilidade à equipa que nunca abdicou de mostrar toda a sua capacidade, sobretudo no segundo tempo, onde veio ao de cima o seu poderio, já que é uma formação recheada de bons valores.

O segundo golo apareceu aos 61’, por intermédio de Hudson, que bisou poucos minutos depois, ao fazer o terceiro para a sua equipa.

Com a vitória mais do que garantida, Medina também não quis ficar atrás do colega de equipa e também bisou em cima do minuto 80.

No final, vitória gorda do líder que continua imparável no topo da classificação, com 60 pontos, resultado de 20 vitórias, duas derrotas e zero empates. Tem ainda o melhor ataque, com 75 golos marcados e a melhor defesa com apenas 16 golos sofridos.

Para já, o segundo classificado é o Vidago, que está a nove pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Mondinense, que está neste momento a jogar com o Valpaços, na Terra do Folar.

Aqui ficam os resultados da 22 jornada da AFVR:

Atei 0 – Vilar Perdizes 4

Cerva 1 – Régua 2

Lordelo 1 – Constantim 1

Abambres 7 – Mesão Frio 0

Vila Pouca 1 – Cumieira 1

Fontelas 7 – Sabroso 3

Vidago 5 – Ribeira Pena 1

Sabrosa 1 – Murça 1

Valpaços – Mondinense (a decorrer)

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.