Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2021

20 milhões de euros para revitalizar 19 concelhos

Para responder aos efeitos da pandemia de Covid-19, a CIMDOURO aprovou um pacote financeiro para ajudar famílias, empresas, comércio, agricultura e serviços.

-PUB-

Com uma dotação a rondar os 20 milhões de euros, a Comunidade Intermunicipal do Douro pretende introduzir liquidez na economia, capitalizar empresas e acorrer a setores estratégicos na região, como a agricultura, o turismo e a restauração.

Em reunião por videoconferência realizada na semana passada, os 19 municípios aprovaram a canalização das dotações comunitárias não comprometidas inscritas no Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT) para implementar um plano de ação. 

O plano aprovado contempla cinco ações concretas “com impacto direto no Douro”.

A primeira medida é a “ReAtiva Douro” que tem uma dotação superior a 10,7 milhões e visa financiar as contribuições para a segurança social dos empregadores, aliviando assim as empresas, garantindo a manutenção dos postos

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.