Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022

230 atletas na São Silvestre de Mirandela

Organizado pelo Grupo Desportivo “Mirandela a Correr”

-PUB-

Paulo Barbosa, atleta do SC Braga, e Andreia Santos, do Grupo Recreativo de Águeda, foram os vencedores da 3ª edição da corrida São Silvestre de Mirandela, que decorreu no sábado.

Paulo Barbosa, que participou pela primeira vez nesta prova, descolou-se do grupo da frente a meio da prova, chegando isolado à meta, cerca de meia hora depois.
“Não conhecia o percurso e por isso não sabia se era rápido ou não e decidi, numa fase inicial, resguardar-me um pouco. Depois, a meio da prova decidi fazer a minha corrida e atacar para a vitória”.

O pódio em masculinos ficou completo com Rui Muga (C.A. Macedo de Cavaleiros) e Alexandre Venâncio (Casa do Benfica de Faro).

Em femininos, Andreia Santos repetiu o triunfo de 2020 e destacou o facto de as competições regressarem aos poucos após a paragem “forçada” devido à pandemia.
“O percurso não era difícil. Este mês estou a realizar provas todos os fins-de-semana e as corridas de São Silvestre são as melhores e mais conhecidas”.

O pódio feminino ficou completo com Susana Vilela (CS Lavra) e a brigantina Eva Fernandes (Grupo Recreativo Eirense).

Organizada pelo Grupo Desportivo “Mirandela a Correr”, a prova contou com 230 atletas, vindos de vários pontos do país, e o grande desafio foi organizar tudo em tempo de pandemia.

“Não queríamos uma prova de grande escala, mas sim uma prova com segurança para os atletas e isso foi conseguido. Estamos todos de parabéns”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.