Sexta-feira, 30 de Setembro de 2022

Ano letivo abre com escola “nova”

A Escola EB 2/3 e Secundária de Murça abre portas de cara lavada, totalmente renovada e disponível para acolher os alunos do concelho, neste início de ano letivo.

-PUB-

Em comunicado, o município revela que, além de diligenciar junto das entidades competentes para que a intervenção fosse mais abrangente e ampla do que inicialmente estava projetado, teve de “fazer um enorme esforço financeiro, para que as obras de requalificação da Escola Sede do Agrupamento, fossem uma realidade”.

Esta renovada infraestrutura, acrescenta “melhores condições para os alunos, professores e auxiliares desenvolverem as atividades letivas e pedagógicas”.
Além desta obra, o executivo municipal “continua a apostar fortemente na educação, promovendo várias iniciativas de apoio aos alunos, às famílias e restante comunidade escolar”.

Durante esta semana, “serão entregues aos alunos do primeiro e segundo ciclos os cadernos de fichas de consolidação das aprendizagens, complementando assim, a oferta dos manuais escolares”, acrescenta a nota da autarquia.

Para os alunos do concelho que frequentam o ensino superior, o município já entregou cerca de 60 bolsas de estudo. “Este apoio é concedido aos alunos com menores recursos financeiros, por forma a estimular e assegurar a persecução dos seus estudos”, sublinha a autarquia.

Além destes apoios, a câmara, anualmente, “presta um auxílio efetivo aos alunos e às finanças das famílias, nomeadamente na oferta de materiais escolares, na gratuitidade dos transportes escolares, na oferta de atividades de enriquecimento curricular, de animação, na promoção da prática desportiva, no acesso a serviços que disponibilizem refeições diversificadas e saudáveis, e o importante suporte prestado pela equipa do Plano Integrado e Inovador do Combate ao Insucesso Escolar – PIICIE”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.