Domingo, 22 de Maio de 2022

Assinados acordos de atribuição de subsídios às Juntas

Depois de aprovados em sessão ordinária da Assembleia Municipal de Boticas, a 29 de abril, os acordos de atribuição de subsídios às 10 Juntas de Freguesia do concelho foram assinados, em conjunto, pelo presidente do município, Fernando Queiroga, e os respetivos presidentes de Junta

Ao todo, a autarquia atribuiu 185 mil euros em apoios financeiros, distribuídos consoante as respetivas necessidades de cada uma das freguesias. Estes serão canalizados para a execução de trabalhos considerados prioritários.

Mais ainda, de acordo com comunicado do município, “os subsídios concedidos têm como finalidade reforçar as competências financeiras das Juntas de Freguesia para a realização de obras que contribuam para o desenvolvimento sustentado e para a melhoria da qualidade de vida das populações das freguesias de Alturas do Barroso e Cerdedo, Ardãos e Bobadela, Beça, Boticas e Granja, Codessoso, Curros e Fiães do Tâmega, Covas do Barroso, Dornelas, Pinho, Sapiãos e Vilar e Viveiro”.

A este propósito, Fernando Queiroga destacou o importante papel desempenhado pelas Juntas de Freguesia junto dos botiquenses. “Pela proximidade que mantêm com as pessoas, são um importante elo de ligação entre os habitantes da freguesia e o executivo, uma vez que estão em contacto permanente e são conhecedoras dos anseios das populações”.

O autarca garantiu, ainda, que “a Câmara de Boticas está sempre disponível para auscultar e receber os nossos concidadãos”. Contudo, “na maioria das vezes e graças à boa relação de proximidade, os munícipes sentem-se mais à vontade para expor os seus problemas aos elementos das Juntas de Freguesia”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.