Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
©DR

BCVR comemorou 25 anos com jantar de gala

O Basket Club de Vila Real assinalou o seu 25.º aniversário com um jantar de gala, organizado na Estalagem da Quinta do Paço, onde houve momentos de “grande simbolismo”.

-PUB-

O evento contou com a presença dos antigos presidentes que dirigiram a coletividade, para além das entidades públicas municipais e regionais.

Ao longo deste percurso de 25 anos, o BCVR tem vindo a representar Vila Real em diversos campeonatos regionais e nacionais, ostentando o título de associação juvenil conferido pelo IPDJ. Mas para além do desporto qualificado, o BCVR orgulha-se de promover a integração e participação dos jovens na sua formação.

Outro ponto alto do jantar foi a presença de diversos atletas que integraram as primeiras equipas do clube, uma recordação dos primeiros passos desta coletividade. Os antigos presidentes relembraram os principais feitos do clube, merecendo destaque as diversas menções de escola de minibasquete recebidas ao longo dos últimos anos, atribuídas pela Federação Portuguesa de Basquetebol. Para além disso, o BCVR registou, no ano de 2009, o título de maior clube de formação de Portugal, por ter inscrito o maior número de jovens nas provas federativas.


Seniores masculinos alcançam a segunda vitória na CNB2

As provas desportivas estão de regresso. As diversas equipas do BCVR estiveram em competição no fim de semana.

Destaque para o Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, com a segunda vitória do BCVR, agora diante do SC Vasco da Gama (Porto), com a equipa de Vila Real, integrada no Grupo Norte C, a registar uma franca recuperação e a ocupar o 4.º lugar do Grupo, com um jogo a menos.

Nos escalões de formação, o Clube conseguiu um pleno nos 3 jogos disputados no fim de semana.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.