Domingo, 19 de Setembro de 2021
© Elsa Nibra

Certificado digital Covid-19 pode ser “um cabo das tormentas”

É o documento de que mais se fala nos últimos tempos. O certificado digital Covid-19 permite ter acesso a uma refeição no interior de restaurantes, participar em eventos culturais, desportivos e, sobretudo, viajar sem ser necessária a apresentação de um teste negativo. Ainda assim, nem tudo é um mar de rosas, havendo vários relatos de erros com o documento. Fomos conhecer um desses casos

-PUB-

Celeste Melo é natural de Peso da Régua, mas emigrou com os pais para a Alemanha quando tinha oito anos. Por lá constituiu família e quando a filha entrou para a escola, os pais regressaram a Portugal.

Há um ano, com a morte da mãe, voltou às raízes, acompanhada do marido, para dar apoio ao pai. Agora, na hora de regressar à Alemanha, a viagem teve de ser adiada várias vezes devido a um problema com o certificado digital do seu companheiro.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.