Sábado, 1 de Outubro de 2022

CITAB promove caminhada na Ecovia do Corgo

O Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB) está a organizar uma caminhada pela Ecovia do Corgo, com início marcado para as 9h00 da próxima quinta-feira, dia 15 de setembro, no âmbito do Ecology Day, uma iniciativa internacional.

-PUB-

O passeio arranca no Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e vai fazer parte de um conjunto de eventos de cariz ecológico a nível nacional, promovidos pela Sociedade Portuguesa de Ecologia e pela Federação Europeia de Ecologia.

O coordenador desta atividade é o investigador Mário Santos, do CITAB, que vai acompanhar e ajudar os participantes a compreender as técnicas de observação de aves, bem como as normas e condutas a manter durante caminhadas com esta tipologia.

Os participantes podem esperar um passeio pedagógico com cerca de 3 horas que se fará em direção a Vila Real ou ao Peso da Régua, em função das condições atmosféricas. Independentemente do trajeto, o objetivo da tirada será sempre o mesmo: “Acredito que, no final da atividade, os participantes serão capazes de fazer a distinção entre os principais grupos de aves e reconhecer características etológicas e ecológicas”, garante o investigador.

Ao contrário de anos anteriores, em que esta atividade foi mais vocacionada para cientistas ou gestores de áreas protegidas, este ano pretende-se chegar a um público mais alargado e de todas as faixas etárias.

“Estas atividades inserem-se no âmbito da educação ambiental, neste caso específico, educação para a ecologia, biodiversidade e conservação da natureza. Considerando a erosão atual da biodiversidade e as alterações profundas dos ecossistemas, creio que podemos sensibilizar, alertar e colocar em ação os cidadãos. Também quero acreditar que este tipo de atividades pode ser o embrião de uma maior ligação entre a academia e a sociedade para a resolução local dos graves problemas que enfrentamos globalmente”, remata o também docente da UTAD.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.