Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Docente da UTAD cria ‘App’ que analisa casos por concelho

Todos os dias são revelados os números da Covid-19 a nível nacional, mas agora existe uma aplicação que permite analisar a doença à escala local. O objetivo é ajudar autarquias e entidades públicas locais na tomada de decisões, bem como informar o público em geral.

Já é possível acompanhar as dinâmicas temporais e geográficas da Covid-19 à escala concelhia. Tudo porque Ricardo Bento, investigador do Centro de Estudos Transdisciplinares para o Desenvolvimento (CETRAD), da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), criou uma aplicação que permite analisar o padrão da doença a nível local, tendo em conta os dados divulgados, diariamente, pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O também docente da UTAD explicou à VTM que o projeto surgiu “da vontade de tentar ajudar”, através de uma solução informática (dashboard) onde é possível “analisar o padrão da doença à escala local”, com recurso a uma ferramenta que pretende “colmatar uma lacuna existente nas soluções então disponibilizadas”.

“Começámos por compilar os dados com o

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Elsa Nibra
Elsa Nibra
Natural de Castelo do Neiva, Viana do Castelo, é mestre em Ciências da Comunicação pela UTAD. Em 2016 regressou à região transmontana para trabalhar na área do jornalismo e, em outubro de 2019, ingressou na VTM onde, além da escrita, desenvolve trabalhos na área do vídeo.

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.

MAIS LIDAS

-PUB-

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes
-PUB-