Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
© Arquivo VTM

Entidades barrosãs zelam pela legalidade de parque eólico fronteiriço

Em causa está a construção de um parque eólico próximo da localidade de Sendim, junto à fronteira. O autarca Orlando Alves regressou de Baltar, em Espanha, com a garantia "que tudo irá ser cumprido dentro da lei”

-PUB-

Segundo nota do município de Montalegre, Orlando Alves, presidente da autarquia, viajou, esta terça-feira, até à localidade galega de Baltar, no país vizinho, acompanhado pelo vice-presidente, David Teixeira, pelo atual presidente da União de Freguesias de Meixedo e Padornelos, Ricardo Moura e por representantes do Conselho Diretivo de Baldios de Sendim.

Em representação das entidades barrosãs, reuniram com o Alcalde galego, José António Alonso, com o propósito de serem esclarecidos “sobre o provável parque eólico que irá ser instalado em território espanhol, perto da aldeia de Sendim”.

De acordo com a mesma nota, Orlando Alves abandonou as terras espanholas “com a garantia que tudo irá ser cumprido dentro da lei, isto é, a 200 metros da linha de fronteira portuguesa”. Além disto, o autarca avançou que tudo fará “para defender os interesses das populações do concelho”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.