Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Escola Secundária do Rodo vai fechar

A tristeza é o sentimento que predomina nos professores e funcionários da Escola Secundária do Rodo, em Godim (Peso da Régua). Tudo porque, a 31 de Agosto, fica extinto este estabelecimento de ensino, por decisão do Ministério da Educação, comunicada pela Direcção Regional de Educação do Norte, DREN. Ontem, ao princípio da manhã, os alunos, […]

-PUB-

A tristeza é o sentimento que predomina nos professores e funcionários da Escola Secundária do Rodo, em Godim (Peso da Régua). Tudo porque, a 31 de Agosto, fica extinto este estabelecimento de ensino, por decisão do Ministério da Educação, comunicada pela Direcção Regional de Educação do Norte, DREN.

Ontem, ao princípio da manhã, os alunos, em sinal de descontentamento e revolta, não queriam frequentar as aulas. Ao que apurámos, valeu a intervenção de elementos do Conselho Executivo do estabelecimento de ensino, para os demover da sua vontade.

De referir que esta escola tem cerca de trezentos alunos e disponibiliza cursos das áreas de Ciências e Tecnologias, Desporto, Informática e Novas Oportunidades.

Em relação aos professores do quadro da escola, estes terão à sua disposição três estabelecimentos de ensino, à escolha. Em relação aos alunos do 2.º ciclo, estes vão para a Escola Secundária Araújo Correia e os do Secundário para a Escola Profissional e Agrícola do Rodo, situada a poucos metros.

O pessoal não docente será colocado noutros estabelecimentos. Em relação às instalações, ao que apurámos, deverão ficar integradas na Escola Profissional do Rodo.

Uma fonte da Coordenação do Centro de Área Educativa de Vila Real explicou que o fecho da escola tem a ver com a “Reorganização da Rede do Ensino Secundário, implementada pelo Ministério e pelo facto “da não justificação de funcionamento, no mesmo edifício, de duas escolas”, garantindo que tudo foi decidido em nome da rentabilização dos recursos humanos e dos espaços, salvaguardando interesses de alunos, professores e pessoal não docente que serão alvo de uma redistribuição”, sublinhando que “a medida pretende aumentar a massa crítica e aumentar a oferta educativa”.

Jmcardoso

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.