Quarta-feira, 28 de Setembro de 2022

Flaviense Luís Moura vence edição do Ibérico Bike Race

Com o apoio do município de Montalegre, regressou mais uma edição do Ibérico Bike Race/Barroso ao concelho. O evento ocorreu nos dias 3 e 4 de setembro.

-PUB-

Esta edição de BTT foi dividida em duas vertentes: a primeira onde os atletas lutaram contra o relógio e a vertente de lazer com três distâncias, sem horário de partida nem de chegada. Na opção competitiva, os atletas tiveram de enfrentar o prólogo e duas etapas.

No sábado ,dia 3, o percurso atingiu os 80 quilómetros com passagens por Pitões das Júnias, Outeiro, Fiães, Lamas, Viade de Cima, Castanheira e Torgueda; já no último dia houve 60 quilómetros em agenda com passagem por Peireses, Fírvidas, Zebral, Sarraquinhos, Vilar de Perdizes, Santo André e Serra do Larouco.

No final de cada etapa, à semelhança das grandes voltas, foi atribuído o jersey de leader nos vários escalões, tendo sido envergado durante as etapas. Para além da vertente de BTT, foram organizadas duas caminhadas gratuitas (Dia 3 – partida e chegada em Montalegre, e dia 4 – partida e chegada em Vilar de Perdizes).

Esta, que é a segunda do Ibérico Bike Race / Barroso, juntou cerca de meia centena de participantes, distribuídos entre as duas vertentes. Os prémios foram distribuídos pelos vários escalões, tendo como vencedor da geral Luís Moura, destacando a presença do atual campeão Master do Mundo, David Vaz, tal como a de vários campeões nacionais e regionais. A organização, para além de proporcionar trilhos, proporcionou, também, serviço de mecânica e massagem a todos os atletas, que foram assegurados pelos serviços locais, de forma a contribuir para a economia local.

Este evento teve com parceiros, o município de Montalegre, as freguesias de Pitões das Júnias, União de Freguesias de Vilar de Perdizes e Meixede, Ecomuseu de Barroso, BTT de Montalegre e o GpsEpic.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.