Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

GCVR conquista seis medalhas nos campeonatos nacionais

O Ginásio Clube Vila Real esteve representado por cinco atletas – Carolina Eira, Francisca Pinheiro, Margarida Guedes, Maria Pereira e Gonçalo Ferreira - nos Campeonatos Nacionais de Piscina Longa que tiveram lugar no Complexo Olímpico de Coimbra

Os atletas do GCVR estiveram em excelente plano nas diferentes vertentes da competição, conquistando dois títulos nacionais Júnior, um total de seis medalhas e sete presenças em finais.

Carolina Eira, no escalão Júnior, foi o principal destaque do GCVR ao sagrar-se bicampeã nacional júnior. Nos 100 Costas, a nadadora vila-realense conquistou o título com a marca de 1.06.94 enquanto nos 200 Costas garantiu o título de Campeã Nacional Júnior com a marca de 2.25.39. A vila-realense sagrou-se ainda vice-campeã nacional júnior na prova de 50 Costas com o tempo de 30.72. Francisca Pinheiro, igualmente em Juniores, foi terceira classificada Júnior na prova de 50 Bruços com o tempo de 34.88. Margarida Guedes, em Absolutos, participou em três finais: foi 4ª classificada na final dos 50 Livres com 27.00, foi 4ª na final dos 50 Mariposa com 28.14 e foi 7ª na final dos 100 Mariposa com 1.04.23. Maria Pereira representou o GCVR no Campeonato Nacional de Juvenis, competindo na categoria de Juvenis B, sagrou-se vice-campeã nacional juvenil B nas provas de 50 Livres e 50 Mariposa, com os tempos de 28.82 e 30.98. Por seu lado, Gonçalo Ferreira competiu no Campeonato Nacional de Longa Distância, onde conquistou um excelente 5º lugar na prova de 3000 metros livres, com o tempo de 38.40.55, estreando-se “da melhor forma neste tipo de competição”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.