Sábado, 24 de Julho de 2021
©DR

Jardim de infância da Misericórdia surpreende no Dia da Mãe

Os mais pequenos “meteram mãos à obra” e pintaram uma flor com as suas pequenas mãos

-PUB-

Todos os dias são bons para celebrar o amor incondicional que as mães dão aos filhos. No Dia da Mãe, as crianças do jardim de infância da Misericórdia de Lamego quiseram mostrar, com muita vontade, a felicidade e a gratidão pelos afetos que as progenitoras lhes dedicam diariamente.

Para comemorar esta data especial, os mais pequenos “meteram mãos à obra” e pintaram uma flor com as suas pequenas mãos. A imaginação foi protagonista e os trabalhos começaram a surgir. Ao centro, colocaram, simbolicamente, uma fotografia das mães durante a gravidez. Como forma de sublinhar todo o amor e carinho, as crianças também surpreenderam as mães com a produção de uma caricatura sua exibida depois em direto, através de videoconferência. Um momento que provocou muitas gargalhadas e alguma emoção. “Da barriga da minha mãe nasceu…AMOR!” foi o mote desta surpresa, acompanhada pela melodia “Nos teus olhos”, da cantora Carolina Deslandes.

No contexto da atual pandemia, as atividades da creche e do jardim de infância da Santa Casa da Misericórdia de Lamego respeitam todas as orientações de segurança da Direção Geral da Saúde (DGS) para evitar o risco de contágio.

Os interessados em formalizar a sua candidatura para o ingresso nestas valências, podem efetuá-la através dos contactos 963 608 258/ 254 656 850 ou do email  geral@scmlamego.pt

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.