Sábado, 16 de Outubro de 2021

Limpeza de árvores gera polémica em Gouvinhas

Alguns populares de Gouvinhas estão insatisfeitos com a intervenção feita pela Junta de Freguesia, junto à capela do Sagrado Coração de Maria, porque a poda que foi feita às três árvores irá secá-las. “A poda não está bem executada e não iremos ter sombra quando vier o calor”, refere João Teixeira, um dos queixosos e morador ao lado da capela.

-PUB-

“Se eu cá estivesse, não deixava fazer isto. Temos árvores no Largo do Terreiro, onde se faz a festa, e não são cortadas desta forma”. O espaço é muito frequentado pelos idosos e romeiros, que vinham para ali fazer as suas promessas e, no Verão, aproveitavam a sombra. “Agora isto fica mais triste. A poda está muito rente, mesmo que os ramos rebentem novamente não serão mais as mesmas árvores frondosas, com as suas belas e perfumadas flores”.

Outros populares de Gouvinhas manifestaram, ao Nosso Jornal, a sua revolta que deixa a aldeia cada vez menos com espaços verdes. Por sua vez, o presidente da Junta de Freguesia de Gouvinhas, Gilberto Correia, refuta estas declarações

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.