Sábado, 20 de Julho de 2024
No menu items!




MACNA inaugura exposição

Foi inaugurada no dia 18 de junho a exposição “Fernando Lanhas - O Homem é fenômeno magistral” de Serralves, em exibição no Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso.

-PUB-

O executivo municipal e a presidente da Fundação Serralves, Ana Pinho, inauguraram, no dia 18 de junho, a exposição “Fernando Lanhas – O Homem é fenômeno magistral”, uma compilação comemorativa do centenário do artista, em exibição no Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso.

Marta Moreira de Almeida curadora reflete que “esta mostra reúne um núcleo muito significativo de obras de Fernando Lanhas e constitui-se como um testemunho da multiplicidade de áreas que o artista explorou, apresentando-se como uma oportunidade única para a compreensão da simultânea, e conciliável, diversidade e coerência de uma das obras mais fascinantes da segunda metade do século XX”.

O autarca, Nuno Vaz, presente na sessão inaugural, distingue a “marca de selo de qualidade” da Fundação de Serralves, “parceiro importantíssimo que permite difundir e afirmar artistas de grande relevância no território, na promoção da cultura no Interior”.

Assertivamente realçou a “vontade de continuar a propiciar não só aos flavienses, mas a todos os que queiram conhecer, aprofundar e fruir das exposições patentes nesta grandiosa casa, o acesso gratuito a este espaço nas manhãs de domingo”.

A mostra, organizada pelo município com a cooperação da Fundação Serralves, integra o Programa de Exposições Itinerantes da Coleção de Serralves e estará patente até ao dia 12 de janeiro de 2025, podendo ser visitada de terça a domingo, das 10h à 13h e das 14h30 às 18h30.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS