Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022
© DR

Mais 3.879 casos e 13 mortes nas últimas 24 horas

Portugal regista mais 3.879 casos de covid-19, 13 mortes e um aumento nos internamentos em enfermaria, com mais 12 pessoas internadas nos hospitais, de acordo com os dados oficiais hoje divulgados

-PUB-

De acordo com o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) de atualização da evolução da pandemia em Portugal, nas últimas 24 horas foram internadas mais 12 pessoas em enfermaria, aumentando o total de internamentos para 964, e mais uma pessoa em unidades de cuidados intensivos (UCI), elevando o total para 143.

Portugal regista, ainda, mais 1.397 pessoas recuperadas da doença nas últimas 24 horas, o que coloca o total de casos ativos no país em 68.117, mais 2.469 do que no sábado. A maioria dos novos casos regista-se entre o Norte e Lisboa e Vale do Tejo, no território continental, regiões onde se concentram os óbitos nas últimas 24 horas: seis em Lisboa e Vale do Tejo, quatro na região Centro e três na região Norte.

Segundo informações divulgadas hoje pela ‘task force’ que coordena o processo de testagem, Portugal atingiu na passada sexta-feira um novo máximo de testagem diária, com 197.718 testes de rastreio à covid-19 realizados, com uma taxa de positividade de 3,1%.

Do total de testes realizados, 141.768 (72%) são testes rápidos de antigénio (TRAg) de uso profissional. Desde o dia 1 de dezembro, foram realizados mais de 1,2 milhões de testes à covid-19, incluindo mais de 818 mil TRAg de uso profissional.

Segundo a ‘task force’, este valor está relacionado com as novas medidas decorrentes da resolução do Conselho de Ministros de 27 de novembro, nas quais se inclui a necessidade de apresentação de teste negativo para o coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, no acesso a determinados serviços ou locais, bem como o aumento de pontos de testagem em todo o país.

Desde o início da pandemia, já foram efetuados em Portugal 22.640.962 testes de diagnóstico à covid-19, adianta a ‘task force’, ressalvando que estes números não incluem autotestes.

De acordo com a última atualização destes dados, feita na sexta-feira, a incidência de infeções do vírus SARS-CoV-2 voltou a aumentar a nível nacional, ao passar para 457,7 casos por 100 mil habitantes, enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) se manteve em 1,11.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.