Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Montalegre segue em frente, Vilar afastado com goleada

O Montalegre carimbou ontem a passagem à próxima eliminatória da Taça de Portugal, ao bater por uma bola a zero a equipa do União de Leiria.

PUB

Perante um candidato à subida à Segunda Liga, o Montalegre mostrou grande coesão defensiva, não dando espaços ao adversário para explanar o seu futebol.

O único golo do jogo foi apontado por Diogo Teixeira, ao minuto 33, culminando com uma boa primeira parte do conjunto barrosão.

Já na segunda parte, a equipa teve de se unir ainda mais para suster o poderio do adversário, que tudo fez para chegar ao empate, mas não conseguiram furar a muralha defensiva montada pelo técnico José Manuel Viage, que regressou ao banco após castigo.

O jogo realizou-se em Rio Maior.

VILAR DE PERDIZES GOLEADO

Hoje, o Vilar de Perdizes foi até ao terreno do histórico Vitória de Setúbal e averbou uma pesada derrota por quatro bolas a zero.

A expulsão de Badará aos 34’, com vermelho direito, condicionou a estratégia de Vítor Gamito, que foi para o intervalo a perder pela margem mínima.

No início da segunda parte, Lucas Marques correspondeu da melhor forma a um cruzamento e aumentou a vantagem para 2-0. Depois, Zequinha, de livre à entrada da área, fez o terceiro para o locais.

O Vilar de Perdizes não baixou os braços e teve uma ocasião soberana para reduzir, mas o remate de Elias foi travado pela grande defesa do guarda-redes da casa.

Num lance rápido de contra-ataque, Camilo fecha o resultado ao apontar o quarto golo do Vitória de Setúbal, que segue para a próxima eliminatória da Taça de Portugal.

Apesar da derrota, o Vilar de Perdizes sai de cabeça levantada e agora terá de se concentrar no Campeonato de Portugal.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.