Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Município desafia jovens a desenharem mascote para o Abrigo

Encontrar uma mascote para o Abrigo – Centro de Recolha Oficial de Animais de Lamego é o desafio lançado pelo município a professores e alunos do 1º Ciclo. Propostas podem ser enviadas até dia 16 de maio.

A Câmara Municipal de Lamego, com o objetivo de sensibilizar os mais novos para a causa animal e para o tema da adoção responsável, lançou o passatempo “Desenha a Mascote para o Abrigo”.

O concurso desafia todos os alunos do 1º Ciclo de Lamego, com a autarquia a querer “mobilizar e sensibilizar a comunidade local para o trabalho desenvolvido no Abrigo”.

“Queremos envolver os mais jovens para que as boas práticas na relação com os animais de companhia sejam estimuladas desde cedo. É fundamental que quando decidem, em família, ter um animal, a adoção é a decisão mais correta. O Abrigo tem muitos animais abandonados, que estão sob a nossa guarda, que são bem cuidados, mas que precisam de uma família.”, explica o presidente da câmara, Francisco Lopes.

As propostas podem ser enviadas até dia 16 de maio e os trabalhos devem ser acompanhados de um parágrafo descritivo do projeto, justificando o nome da mascote e eventuais traços da sua personalidade. Será aceite uma candidatura por turma e os trabalhos serão avaliados por um júri com base nos critérios de criatividade, qualidade e aplicabilidade dos desenhos.

A turma vencedora será anunciada no dia 15 de junho e receberá como prémio um certificado e uma coleção de livros sobre a “Vida Animal” para a biblioteca da sua escola.


Os trabalhos devem ser enviados em formato digital para o email parque.biologico@cm-lamego.pt.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.