Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Novo quartel dos Bombeiros de Cerva está quase pronto

A Associação dos Bombeiros Voluntários de Cerva terá, em breve, casa nova. Depois de anos a fio no espaço da extensão do Centro de Saúde de Ribeira de Pena, irá, brevemente, utilizar um imóvel moderno e funcional. As novas instalações estão quase prontas e vêm preencher uma carência importante de que padecia esta instituição. Depois […]

PUB

A Associação dos Bombeiros Voluntários de Cerva terá, em breve, casa nova. Depois de anos a fio no espaço da extensão do Centro de Saúde de Ribeira de Pena, irá, brevemente, utilizar um imóvel moderno e funcional.

As novas instalações estão quase prontas e vêm preencher uma carência importante de que padecia esta instituição. Depois de concluídas as obras, os Bombeiros desta localidade ficarão com um dos melhores quartéis do distrito.

O Presidente da Direcção dos Bombeiros Voluntários de Cerva, Carlos Carvalho, contou, ao Nosso Jornal, que “o quartel está na fase final da sua construção. Faltam os arranjos exteriores e alguns acabamentos interiores, nomeadamente, o ajardinamento e os pontos de água. Julgo que, dentro de um mês, deverá estar concluído”.

Este edifício é novo e põe fim a muitos anos de espera.

“Depois de, há mais de vinte anos, estarmos em condições limitadas, este melhoramento será bem-vindo e resolverá uma necessidade muito grande”. Neste momento, a Corporação de Cerva tem à volta de setenta homens e nove viaturas, sendo ambulâncias cinco destas.

Esta obra foi possível graças à comparticipação financeira da Administração Central, no valor de 402.554 euros, e da Câmara Municipal de Ribeira de Pena que, além do terreno, garantiu um financiamento de 198.272,87 euros.

 

Jmcardoso

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.