Domingo, 5 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

O jornal voltou às escolas

Dois anos depois, o projeto “O Jornal vai à Escola” regressou aos estabelecimentos de ensino da região. Vila Pouca de Aguiar acolheu a primeira ação desta segunda temporada

-PUB-

Levar o jornal às escolas, despertando o interesse pela leitura e pela área junto dos mais novos é o objetivo do projeto “O Jornal vai à Escola”, criado pel’A Voz de Trás-os-Montes e que vai na segunda temporada. Depois de percorrer as escolas do concelho de Vila Real, em 2020, a iniciativa regressou e alargou fronteiras, indo a estabelecimentos de ensino da região.

“Foi interessante perceber o trabalho que dá, não sabia que envolvia tantas etapas”
NADINE
ALUNA

Os primeiros a receberem a equipa da VTM foram os alunos do Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar, que depois de ouvirem um pouco sobre a história do jornal foram desafiados a escrever uma notícia, com a ajuda da jornalista. Superado o desafio, foi tempo de perceber qual a melhor fotografia para acompanhar o texto, seguindo-se a paginação. 

Em cerca de 90 minutos, os estudantes ficaram a conhecer todos os processos pelos quais passa o jornal até chegar às bancas e admitem que “é complicado”.

“Pensei que era um processo mais fácil, mas é muito complexo”
MAFALDA
ALUNA

“Foi interessante perceber o trabalho por detrás de um jornal, não sabia que envolvia tantas etapas”, confessa Nadine, aluna do 9º ano, acrescentando que “costumo ler notícias na internet e tenho o cuidado de perceber se a informação é verdadeira”.

Na outra ponta da sala estava Mafalda, que ficou também surpreendida com o aquilo que ouviu. “Pensei que era um processo mais fácil, mas é muito complexo. Foi bom aprender mais sobre o vosso trabalho”, refere, admitindo que “não costumo ler jornais, mas às vezes o meu pai chama por mim para me mostrar alguma notícia”.

É por causa de jovens como a Nadine e a Mafalda que surgiu o projeto “O Jornal vai à Escola”, ou seja, alterar hábitos de leitura dos mais novos e chamá-los à atenção para a importância da imprensa, neste caso, regional.

“DÁ TRABALHO”

“Foi com agrado que acolhemos esta iniciativa, porque vai enriquecer os alunos”
PAULO PIMENTA
DIRETOR

A assistir esteve também Paulo Pimenta, diretor do agrupamento, que, à VTM, afirmou ter sido com “agrado que acolhemos esta iniciativa”, que “vai enriquecer os nossos alunos”.

À semelhança dos alunos, também ele não tinha noção do “trabalho que isto dá”, lamentando que “o jornal em papel esteja a ser ultrapassado pelo formato digital”.

Constituído por cerca de mil alunos, o Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar abrange 11 estabelecimentos escolares, que vão desde o pré-escolar ao 12º ano (Ensino Regular e Ensino Profissional).

De referir que a visita da VTM terminou com um direto para as redes sociais do jornal, sendo que o mesmo foi filmado por um dos alunos do Agrupamento, que mostraram muito interesse na iniciativa.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.