Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Parcerias entre empresários durienses e sul-americanos

A América do Sul pode representar uma janela de oportunidades para o pequeno e médio tecido empresarial da região, por isso uma delegação da Associação Douro Histórico deslocou- -se ao Uruguai, onde manteve contactos importantes com várias instituições e empresários sul-americanos.

-PUB-

A convite do Comité Latino Americano dos Parlamentos Municipais, o presidente da Associação do Douro Histórico, José Marques, e o presidente da Assembleia-geral, Madeira Pinto, participaram num evento na cidade de Punta Del Este, onde estiveram representados dez países.

José Marques teve a oportunidade de dar a conhecer o projecto de cooperação transnacional do Douro Histórico, que visa a internacionalização das PMEs, e que “mereceu o maior interesse por parte das pessoas presentes”.

Este projecto destina-se ao Brasil, Uruguai, Argentina e Chile. “Não fizemos apenas uma apresentação do projecto de cooperação transnacional, mas fundamentalmente damos a conhecer a nossa região, o seu potencial, e divulgamos os programas comunitários de apoio, que estão disponíveis a todos os investidores estrangeiros. Especificamente para os pequenos e médios empresários, argentinos, brasileiros, uruguaios, chilenos e outros que queiram investir no Douro, quer através de projectos próprios, quer procurando parcerias”, contou José Marques, convidado também para a mesa do próprio Comité.

Nesta operação de mar-keting, a delegação da Associação do Douro Histórico manteve ainda alguns contactos com vários produtores de vinhos do Uruguai. Um encontro que não foi por acaso, até porque, neste momento, estão a ser desenvolvidas parcerias com empresas de outros países, além do próprio Uruguai, que tem regiões muito vocacionadas para a produção vitivinícola.

Assim, a Associação do Douro Histórico assume-se como um agente mediador que poderá fomentar as parcerias e o investimento transnacional. “Mostramos disponibilidade para desenvolver projectos de cooperação entre investidores da nossa região da América do Sul, quer no domínio agrícola, turístico ou outro qualquer sector”.

Para o futuro, vai ser desenvolvido um plano com os eventuais parceiros que se mostrem interessados. A delegação contactou ainda com a Junta Departamental de Montevideu, bem como com a Associação Empresarial do Uruguai, e com o embaixador português.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.