Domingo, 19 de Setembro de 2021
© DR

Paulo Mota focou da redução dívida de 20 para 3,7 milhões de euros

O atual vice-presidente da Câmara de Mondim de Basto, Paulo Mota, é a aposta do PS para continuar a liderar os destinos da autarquia, que os socialistas venceram em 2009, pelas mãos de Humberto Cerqueira, que é o candidato à Assembleia Municipal.

-PUB-

Com o apoio do secretário-geral adjunto do PS, José Luís Carneiro, o candidato lembrou a dívida herdada em 2009, que “era de 20 milhões de euros”, tendo sido reduzida para 3,7 milhões no final de 2020”. “18,5 milhões de euros foi o valor gasto com a amortização e os juros da dívida, que se conseguiu pagar através de uma gestão rigorosa”, referiu, sublinhando, no entanto, que quem ficou “prejudicado foram os mondinenses”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.