Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

PJ detém suspeitos por sujeitarem sem-abrigo a trabalho escravo

A Polícia Judiciária deteve, em Vila Flor, um casal indiciado por sujeitar uma pessoa sem-abrigo a trabalho escravo em Espanha.

A vítima, de 52 anos, foi interpelada pelos dois arguidos, numa rua do Porto. Prometeram-lhe trabalho remunerado, assim como alimentação e alojamento nas vindimas, em Espanha.

De acordo com um comunicado da PJ, o senhor “esteve instalado em locais precários e sem grandes condições de salubridade, privado dos seus documentos de identificação, sendo obrigado a trabalhar mediante ameaças e agressões físicas, sem nunca ter recebido qualquer pagamento pelo trabalho prestado”.

No mês de novembro, quando foi transportado novamente para Portugal, “fugiu e denunciou o caso às autoridades”.

Os dois detidos, com idades compreendidas entre os 42 e os 44 anos, têm, segundo a PJ, antecedentes criminais em Espanha por crimes contra o património e por tráfico de seres humanos para exploração laboral.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.