Quarta-feira, 6 de Julho de 2022

Presépio vivo anima Sabroso de Aguiar

A realização de um amplo “presépio ao vivo”, na localidade de Sabroso de Aguiar, animou a comunidade local e atraiu muita gente que se deslocou àquela localidade aguiarense para ver, de perto, a representação bíblica.   Quatro dezenas de elementos deram vida à conhecida e amada história sobre o nascimento de Cristo, com a realização, […]

A realização de um amplo “presépio ao vivo”, na localidade de Sabroso de Aguiar, animou a comunidade local e atraiu muita gente que se deslocou àquela localidade aguiarense para ver, de perto, a representação bíblica.

 

Quatro dezenas de elementos deram vida à conhecida e amada história sobre o nascimento de Cristo, com a realização, em várias sessões, de um presépio vivo que, além de ter animado os habitantes da freguesia de Sabroso de Aguiar, no concelho aguiarense, levou àquela localidade muita gente que quis ver, de perto, a representação bíblica.

Encetado pela aparição do Anjo Gabriel em que este anuncia o milagre a Maria, o presépio vivo mostra, na etapa seguinte, a estalagem onde pernoitaram Maria e José, assim como os pais de João Batista, entretanto já nascido e que, mais tarde, viria a baptizar Jesus Cristo.

Depois da estalagem, seguiram viagem até Belém, onde se deu o Nascimento de Jesus Cristo. Naturalmente, o acto mais importante e contemplativo do presépio ao vivo, por parte dos figurantes, com oferendas, onde se incluem os três Reis Magos, mas também uma cena bastante apreciada pelas pessoas que marcaram presença, sexta-feira e sábado, no centro da localidade de Sabroso de Aguiar.

A fuga para o Egipto e o crescimento de Jesus que começou a proclamar a sua fé são os episódios que complementam o presépio ao vivo, onde, além do vestuário e dos produtos de campo, como o feno, foi ainda colorido por uma música a condizer, com a época natalícia. Cá fora, enquanto umas pessoas entravam, de forma faseada, para ver a cena bíblica, outras começavam por ver o elaborado presépio, existente no largo daquela localidade aguiarense.

 

João Cláudio

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.