Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Privados vão abrir uma nova unidade de Saúde

A região de Bragança será, a breve prazo, uma referência, em termos de cuidados de Saúde que colocarão o Nordeste Transmontano na vanguarda deste sector, em termos nacionais. Este é, claramente, o objectivo de um grupo de investidores, na área privada da Saúde que vão inaugurar uma nova unidade, em Bragança, até ao final deste […]

A região de Bragança será, a breve prazo, uma referência, em termos de cuidados de Saúde que colocarão o Nordeste Transmontano na vanguarda deste sector, em termos nacionais.

Este é, claramente, o objectivo de um grupo de investidores, na área privada da Saúde que vão inaugurar uma nova unidade, em Bragança, até ao final deste ano.

A nova unidade de Saúde vai assumir-se como uma aposta nas novas tecnologias, em distintas áreas médicas, com especial relevo para as tecnologias de informação aplicadas à imagiologia e diagnóstico, com o objectivo de proporcionar uma maior facilidade na troca de informação entre distintas especialidades médicas.

Esta unidade privada vai apostar em diferentes especialidades, das quais se destacam a Medicina Geral e Familiar, a Medicina Dentária e a Ortopedia, para além dos cuidados de Enfermagem e da assistência continuada aos mais idosos.

Os objectivos desta nova unidade de Saúde passam, sobretudo, pela oferta de serviços médicos diferenciados, de forma a poder constituir uma mais-valia, relativamente à oferta existente no distrito de Bragança.

Simultaneamente, assume- -se, também, como um complemento valioso aos serviços públicos, na área da Saúde do distrito brigantino, um dos mais esquecidos, politicamente, em Portugal.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.